Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > Campus Açailândia promove ações de combate às drogas
Início do conteúdo da página Notícias

Campus Açailândia promove ações de combate às drogas

Passeio ciclístico foi realizado no dia 03 de junho em parceria com o Ministério Público Estadual
  • Assessoria de Comunicação com informações do campus
  • publicado 14/06/2017 16h15
  • última modificação 14/06/2017 16h17

Açailândia pedalando na prevenção às drogas. Esse foi o tema do passeio ciclístico promovido no dia 03 de junho em Açailândia (MA) pelo Ministério Público Estadual em parceria com o IFMA. Durante o percurso em todo o centro da cidade e entornos, foi realizada a conscientização de ciclistas e da população em geral quanto ao combate do uso de drogas. Todos os alunos foram sensibilizados a participarem e houve arrecadação de alimentos destinados às comunidades terapêuticas que tratam dependentes químicos na cidade. A atividade integra um conjunto de ações desenvolvidas por uma comissão multiprofissional do Campus Açailândia de combate ao uso de drogas. A equipe é integrada por servidores, alunos e pais de alunos.

Estudantes se engajaram nas ações de combate ao uso de drogas

“A experiência de poder estar participando de uma comissão contra as drogas é maravilhosa, pois muitos de nós acabamos fechando os olhos e fingindo que é um problema que não existe, mas é algo real e sério”, afirma André Ribeiro, estudante do campus. “Participando da comissão fico gratificado pois sei que estou deixando a minha parcela de contribuição para mudar a realidade de alguns colegas, da sociedade e também o futuro dessas pessoas e de seus próximos”, concluiu.

Dentre outras ações, a comissão efetuou a aplicação de questionário individual para conhecer a realidade acerca do uso de drogas entre os estudantes e, em seguida, promoveu palestra sobre co-dependência e a importância do diálogo entre pais e filhos. A palestra foi proferida pela presidente da Associação Comunitária Bom Samaritano Maria Leide Chaves Leão e dirigida aos pais e responsáveis dos alunos do IFMA.

Estudantes atentos às orientações da presidente da Associação Comunitária Bom Samaritano

 

“É sempre bom ter este tipo de trabalho, pois há pessoas com pouco conhecimento e inocência, que não percebem as atitudes que estão à sua frente com seus filhos”, afirmou Nelcilene Menezes. “Muitos pais deixam-se levar pela cegueira do amor, e relevam coisas que mais tarde trarão grandes traumas, às vezes irreversíveis”, prosseguiu. “Nós pais precisamos acordar e prestar mais atenção para com nossos filhos”, concluiu.

Estudantes respondem a questionário sobre uso de drogas

registrado em:
Fim do conteúdo da página